Hino à Maçonaria

 

Da Luz que se difunde
Sagrada filosofia
Surgiu no mundo assombrado
A pura maçonaria 

 

Coro: Maçons, alerta,
Tende firmeza:
Vingai direitos
Da natureza

 

Da razão parte sublime,
Sacros cultos merecia,
Altos heróis adoraram
A pura Maçonaria.

 

Coro: Maçons, alerta,
Tende firmeza:
Vingai direitos
Da natureza

 

Da nação suntuoso templo,
Um grande rei erigia,
Foi então instituída
A pura Maçonaria

 

Coro : Maçons, alerta,
Tende firmeza:
Vingai direitos
Da natureza

 

Nobre intento não morre,
Venceu do tempo a porfia
Há de os séculos afrontar
A pura Maçonaria

 

Coro: Maçons, alerta,
Tende firmeza:
Vingai direitos
Da natureza

 

Humanos sacros direitos
Que calcarão a tirania,
Vão ufanos restaurando
A pura Maçonaria.

 

Coro: Maçons, alerta
Tende firmeza :
Vingai direitos
Da natureza

 

Da luz depósito augusto,
Recantando a hipocrisia,
Guarda em si com zelo santo
A pura Maçonaria.

 

Coro: Maçons, alerta,
Tende firmeza:
Vingai direitos
Da natureza

 

Cautelosa esconde e nega
A profana gente ímpia
Seus mistérios majestosos
A pura Maçonaria.

 

Coro: Maçons, alerta,

Tende firmeza:
Vingai direitos
Da natureza

 

Do Mundo o Grande Arquiteto.
Que o mesmo mundo alumia,
Propício , protege , ampara
A pura Maçonaria.

 

Letra de Otaviano Bastos - Música de Dom Pedro I.